Home / Artigos / Artigos em geral / O Passat do Ingo Hoffmann

O Passat do Ingo Hoffmann

O Passat da foto foi apresentado na Quatro Rodas no. 339 (outubro de 1988), página 166 e seguintes. Trata-se do Passat Turbo da equipe Juvena/Tesa, pilotado por Ingo Hoffmann, e que foi campeão do Campeonato Brasileiro de Marcas de 1987. É um Passat 1.6 equipado com turbina Garret a 1.1bar de pressão de sobre-alimentação, com intercooler. Veja bem, carburado!

Passat do Ingo Hoffmann

Seguem algumas notas extraídas do referido artigo:

– No dinamômetro:

  • Potência máxima de 266CV a 7.000 RPM;
  • Torque máximo de 35mkgf (o câmbio suporta bem até 18mkgf…)

 Testes com 1.4bar de pressão chegaram a 330CV e 54mkgf, só que o motor se destruiu em menos de 5 minutos…

– Na pista (Quatro Rodas, Limeira, 1.800m de reta):

  • Velocidade máxima: média de 243,6 km/h (melhor passagem em 245,6 km/h)
  • Aceleração de 0 a 100km/h: média de 6,07s (melhor marca de 5,84s; patinando muito, por causa dos pneus 175mm de pista; quem sabe com os 225mm de stock car…).
  • Arrancada de 0 a 400 metros: 13,78s.

Comparando essa mesma arrancada com algumas feras:

  • Ferrari 328 GTB, 270CV: 14,3s
  • Ferrati Testarossa, 390CV: 13,6s
  • Porsche 928 S4, 320CV: 14,2s

Tá bom?

 No Brasil, àquela época, só Opala Stock Car andava assim!

Colaboração: Carlos Rocha

 

One comment

  1. época boa onde a 4rodas inseria os assuntos de automobilismo na edição…
    eu lembro bem dessa matéria!

Deixe uma resposta