Motores 1.5 (BR) e 1.6 (BS)

O Passat foi lançado no Brasil no dia 21 junho de 1974, sendo uma verdadeira revolução na Volkswagen do Brasil, por introduzir em sua linha de montagem os motores refrigerados a água. Isto já acontecia na Alemanha a alguns anos, desde o lançamento do Volkswagen K70, um projeto herdado da NSU, e posteriormente, do próprio Passat.

O Passat foi oferecido inicialmente na versão 1.5, equipado com carburador Solex de corpo simples. Esta concepção mecânica apresentava inúmeras vantagens sobre os modelos ainda equipados com motores refrigerados a ar. Algumas destas características eram o maior desempenho com a mesma cilindrada, assim como menores índices de consumo e ruído. Este motor equipou as versões L, LM, LS, Surf e a série especial 4M.

A linha 1976 viu surgir o Passat TS, que rapidamente se tornaria um ícone entre os esportivos nacionais. Esta versão, diferente das demais comercializadas até então, era equipada com um motor dotado de algumas novidades, como cilindrada aumentada para 1.6 e carburador Solex de corpo duplo de fabricação alemã. Logo a versão esportiva fez sucesso, pois apresentava excelente desempenho, mesmo quando comparado a concorrentes de cilindrada superior e dotados de motores de 6 ou 8 cilindros, além de possuir ótima dirigibilidade e estabilidade. A partir da linha 1978 o motor 1.6 passou a equipar também o recém-lançado Passat LSE, conhecido como Passat Executivo.

Motor 1.5 BR - Passat
O motor 1.5 do Passat, de sigla BR, não se diferenciava esteticamente da versão 1.6, conhecida pela sigla BS.

A partir do lançamento dos modelos movidos a álcool, mesmo as versões TS e LSE foram equipadas com motor BR 1.5, com o carburador Solex de corpo simples. O fato aconteceu pela impossibilidade de adaptar o carburador Solex de fabricação alemã para o uso da nova opção de combustível e isto só foi corrigido em meados do ano de 1982, com a introdução dos carburadores de corpo duplo nacionais, produzidos pela Wecarbrás. Portanto, até esta época quem quisesse adquirir o Passat TS ou o Passat LSE com motor 1.6 BS, deveria adquirir a versão movida a gasolina.

  

Motor MD 1.5?

Diferente do que é dito popularmente, e que veio ganhando força nos últimos anos, os motores 1.5 e 1.6 desta época não recebiam a denominação MD pela VW, sendo conhecidos apenas pelas seus prefixos. Esta denominação surgiu apenas no fim de 1982, com o lançamento do motor MD-270, que passaria a equipar os Passat 83. Portanto, não é correto chamar o motor 1.5 de MD.

As tabelas abaixo listam as características dos motores 1.5 (BR) e 1.6 (BS). Estão disponíveis apenas as informações sobre as versões a gasolina.

  

Ficha técnica dos motores 1.5 (BR) e 1.6 (BS)

Identificação do motor BR BS
Combustível Gasolina Gasolina
Tipo de construção Motor de combustão interna, a quatro tempos arrefecido a água, instalado na parte dianteira do veículo, em sentido longitudinal e oblíquo
Número / disposição de cilindros 4 / verticais em linha
Diâmetro dos cilindros / Curso do pistão (mm) 76,5 / 80 79,5 / 80
Cilindrada (cm³) 1471 1588
Razão da compressão 7,4:1 (1) 7,5:1
Compressão dos cilindros (atm) 7,2 a 9,2 9,0 a 11,0
Variação máxima admissível de compressão entre os cilindros (atm) 1,0
Potência máxima (DIN) cv / rpm  
DIN 65 / 5600 80 / 5600
SAE 78 / 6100 96 / 6100
Momento de força mkgf / rpm  
DIN 10,3 / 3000 12,0 / 3000
SAE 11,5 / 3600 13,2 / 3600
Rotação de marcha-lenta (rpm) 900 a 1000
Peso do motor com óleo (kg) 114,5 117
Ignição Platinado (opcionalmente eletrônica)
Abertura máxima do platinado (mm) 0,4
Ordem de ignição 1 – 3 – 4 – 2
Distribuição Dispositivo de avanço à vácuo e centrífugo
Ponto de ignição (APMA) a 1000 rpm – tomada de vácuo desligada
Velas de ignição  
Bosch W8D
NGK BP5ES
Afastamento dos eletrodos (mm) 0,7
Diâmetro da rosca das velas M14 x 1,25
Volume de óleo lubrificante sem filtro / com filtro (litros) 3,0 / 3,5
Consumo de óleo (litros / 1000 km) 1,0
Capacidade do sistema de arrefecimento sem ar-quente / com ar-quente (litros) 5,1 / 5,6 (mais 0,58l com climatizador)
Temperatura de abertura da válvula termostática (ºC) 78 a 82
Funcionamento do interruptor térmico do ventilador: Conecta em / Desconecta em (ºC) 90 a 95 / 85 a 90

Observações:

(1) Até os chassis BT 060540 e BU 003460: 7,0:1

Fonte: Volkswagen do Brasil