Home / Artigos / Passat Special

Passat Special

Neste artigo vamos falar de uma versão que, apesar de simples, é uma das mais difíceis de encontrar informações detalhadas: o Passat Special. O Passat teve, ao longo de quase todos os seus anos de produção, uma versão básica de entrada. Inicialmente com o Passat L e depois com a versão standard, que é uma grande incógnita nas tabelas de preços da época. Para a linha 1978, foi lançado o Passat Surf. O Surf seguia a tendência dos Dodge 1800 e Dart SE, sendo a versão básica e mais barata da linha. A aparência, porém, tinha apelo jovem e esportivo. Essa história vai merecer maiores detalhes em um artigo próprio, mas o fato é que, com o fim do Passat L e a versão standard, o Passat Surf passou a ser a versão despojada da linha.

O ano de 1981 foi o último de produção do Surf, o que deixou a linha Passat apenas com suas versões de melhor acabamento. É importante notar o contexto da época, com o lançamento do Voyage. Sua versão mais simples custava menos que o Passat Surf. Isso pode ter levado a Volkswagen a desistir de uma versão básica do Passat, evitando a concorrência interna. Em 1983, a versão GLS, situada entre o LS e o LSE, chegou a ser oferecida como uma opção de luxo médio. Porém, após um hiato de 2 anos, a linha Passat 1984 voltava a apresentar sua versão simplificada, com o lançamento do Passat Special.

Passat Special 1984. Foto: divulgação VW
Passat Special 1984. Foto: divulgação VW

      

O Passat Special era destinado principalmente a taxistas e frotas. Inclusive o material publicitário de 1986 era direcionado a esse público consumidor. Porém, é claro que várias unidades também foram vendidas para o uso particular. Seu preço era inferior aos dos concorrentes diretos, como o Corcel II L. A versão era facilmente identificável, pois utilizava os velhos retrovisores de ajuste externo, iguais aos utilizados até 1982, não possuía frisos laterais ou na tampa do porta-malas. Da mesma forma, enquanto as demais versões ganhavam o aplique de plástico preto entre as lanternas, atrás da placa traseira, o Passat Special permanecia sem esta peça, reforçando o estilo mais básico. Seus pára-choques de lâmina eram pintados de preto, com o friso de protetor de borracha. A moldura dos faróis e o friso que contorna a grade eram integralmente pretos, sem partes cromadas.

   

Ao contrário do antigo Surf, o Passat Special trazia esguicho elétrico do lavador do pára-brisa e temporizador do limpador. No painel, porém, notava-se a ausência do relógio, como nas antigas versões básicas.  O interior, exclusivamente na cor preta, apresentava bancos em tecido e assoalho em carpete. A ventilação forçada era item de série, assim como os faróis com lâmpadas halógenas. O velho modelo de rodas de tala 4,5″, pintadas de prata, eram utilizadas com pneus 155 SR 13. O motor era o MD-270, o mesmo utilizado em toda a linha no início de 1984. Sendo uma versão simplificada, nem todas as cores estavam disponíveis para o Special. A maioria delas era sólida, com algumas poucas opções de cores metálicas.

Folder publicitário do Passat Special 1985
Folder publicitário do Passat Special 1985

  

Com a remodelação da linha em 1985, o Special recebeu novo painel e quadro de instrumentos (agora com relógio), novas lanternas e pára-choques envolventes, entre outras novidades. Para 1986, a versão ganhou o motor AP-600, assim como para as demais versões. Apesar do folder deste ano trazer a informação exclusiva sobre os modelos à álcool, a tabela de preços de veículos 0km da época também mostrava a opção da versão à gasolina. Apesar das novidades, o Special manteve algumas das antigas características. Alguns exemplos são o retrovisor externo simples, câmbio de 4 marchas e ausência de frisos externos na carroceria.

Folder publicitário do Passat Special 1986
O folder de divulgação do Passat Special 1986 era direcionado aos taxistas.

  

O último ano de produção confirmado do Passat Special foi 1986. Mesmo os catálogos da linha Passat 1987 mencionam apenas os modelos GL Village e GTS Pointer (além, claro, do Passat Flash lançado posteriormente e com material publicitário próprio). Apesar disso, temos alguns Special 86/87 conhecidos. A revista Motor 3, por exemplo, ainda divulgava o valor do Special 0km em sua edição de janeiro de 1987. A edição de fevereiro já não traz mais a versão entre as opções disponíveis para o Passat.

Passat Special 86/87
A ausência dos frisos laterais demonstra a simplicidade do Passat Special. Uma versão sem luxo, mas que até hoje cumpre com louvor a sua função. Foto: Mário César Buzian.

  

O belo modelo Bege Vime que ilustra a matéria é certamente um dos últimos Passat Special produzidos. De ano/modelo 86/87, o automóvel pertence ao antigomobilista Mário César Buzian, que muito contribuiu com esta matéria. O exemplar é um dos raros sobreviventes desta versão, cuja maioria sofreu no batente diário ou foi descaracterizada.

Revista Motor 3, janeiro de 1987
A edição de janeiro de 1987 da revista Motor 3 ainda trazia o Passat Special entre as opções de modelos 0km. A edição de fevereiro já não trazia mais a versão na tabela. Foto: Mário César Buzian.

    

Características externas

Características externas

– Vidros brancos

– Pára-choques de lâmina pintados de preto, com friso protetor de borracha (1984)

– Rodas de aço tala 4,5″ e pneus radiais 155 SR 13, sem câmara

– Calotas centrais de plástico preto

– Ausência de frisos nas laterais da carroceria ou tampa do porta-malas

– Tampa do combustível com chave

– Friso da calha do teto na cor preta

– Ausência do aplique de plástico preto entre as lanternas traseiras

– Retrovisor simples, do modelo antigo e com regulagem externa, apenas do lado esquerdo

– Faróis com lâmpadas halógenas

Passat Special 1986
Bancos em tecido e forrações laterais em courvin, sempre na cor preta. O Passat Special recebeu o novo painel e quadro de instrumentos junto com o restante da linha. Fotos de divulgação do modelo 1986.

 

Características internas

Características internas

– Bancos em tecido preto liso

– Apoios de cabeça revestidos com o mesmo tecido dos bancos

– Forrações laterais em courvin preto

– Console parcial, como o usado na versão LS Village

– Ventilação forçada

– Esguicho de água elétrico e temporizador do limpador do pára-brisa

– Painel de instrumentos sem relógio (1984)

– Painel de instrumentos com relógio e sem econômetro (a partir de 1985)

– Porta-malas com assoalho em carpete

– Buzina simples

Passat Special 86/87
Em 1986, o Passat Special passou a usar o motor AP-600, exclusivamente à álcool. Foto: Mário César Buzian.

 

Características mecânicas

Características mecânicas

– Motor 1.6 MD-270 (1984 e 1985)

– Motor 1.6 AP-600 (1986 e 86/87)

 

Galeria de fotos do Passat Special

 

One comment

  1. Muito legal poder contribuir para essa matéria de uma versão praticamente obscura da linha Passat !
    E fico feliz de poder usar diariamente como excelente carro esse nosso Special 1986/87 Bege Vime que se mantém com altíssimo grau de originalidade (nem o sistema de som foi instalado), com seus mais de 200 mil km. no valente motor AP600 a álcool e caixa de quatro marchas – uma delícia de rodar !!!
    Valeu mesmo, André !!

    Mário Buzian – Ivoti/RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *